sexta-feira, 1 de julho de 2011

Teocentrismo

Analisando a questão do teocentrismo na idade média, indo para o antropocentrismo na idade moderna, evoluindo então para o biocentrismo, na contemporânea, reflito e me deparo com uma situação conflitante.
Se pararmos e observarmos com atenção, o que nos permeia é o Teocentrismo.
Reparem nesta opinião.
Se ligarmos nossos televisores, comumente assistimos "propagandas", onde um Pastor, oferece uma melhoria abrupta na vida de quem frequentar sua Igreja e, "tão religioso" quanto o culto, contribuir com o dízimo.
Não quero entrar no assunto Jihad...
Vou me concentrar apenas, no que assisto.
Voltando ao foco.
Na minha cabeça maluca, o que ocorre atualmente, é um novo conceito de Deus como centro.
Antes, utilizava-se a coerção, subjugando através da força o contraditório a Igreja Católica.
Hoje, usa-se da "esperteza".
Mudou o meio, mas o fim é o mesmo.
Em todo o caso. Deus é o epicentro da dominação.
A ética condena determinados procedimentos na biogenética.
A argumentação, tem um fundo "de pecado", surgindo inclusive a frase ..." ...o homem brincando de Deus..."
Deus....
Não queria, mas...
...vou dar uma pincelada na questão Jihad...
...conflito religioso...
...adivinhem qual é o centro da revolta ocidental...???
Gostaria de contraponto...
É apenas um exercício de discussão...
Ajudem-me...

Nenhum comentário:

Postar um comentário