sábado, 18 de junho de 2011

Notícia que remete ao passado..

Lendo Notícias do Google...
“...A Presidente da Argentina considerou, na quinta-feira, o Reino Unido uma “potência colonial grosseira em decadência” por ter rejeitado discutir a soberania das ilhas Malvinas, sob controlo de Londres.
Quase 30 anos depois de um violento confronto naval de dez semanas pela posse das ilhas no Oceano Atlântico, o arquipélago mantém forte tradição e proximidade cultural com a Argentina, que reivindica a sua soberania.
“Em pleno século XXI, o Reino Unido continua a ser uma potência colonial grosseira em decadência porque o colonialismo é algo antigo, além de injusto”, disse Cristina Kirchner, que deve tentar a reeleição em Outubro.
O Reino Unido argumenta que apenas vai aceitar negociar a soberania das ilhas se os habitantes do território assim o desejarem.
“Enquanto as ilhas Malvinas quiserem ser território soberano britânico, vão permanecer território soberano britânico, ponto final”, disse, na quarta-feira, o Primeiro-Ministro britânico, David Cameron, em resposta a uma pergunta no Parlamento.
A Presidente Cristina Kirchner criticou as declarações e considerou-as “um gesto de mediocridade e de quase estupidez”. A Presidente argentina, de centro-esquerda, teve como “berço político” a Patagónia, onde o sentimento nacionalista sobre as ilhas, que estão a pouca distância, é bastante forte.
No início da semana, Cristina Kirchner entregou um documento nacional de identidade ao filho de um veterano britânico da guerra nas Malvinas, que nasceu nas ilhas, e saudou a sua decisão de pedir a nacionalidade argentina.

As tensões diplomáticas pelas Malvinas aumentaram nos últimos anos com a exploração de petróleo em alto mar.
Várias empresas de exploração de petróleo fazem perfurações em águas próximas das ilhas, mas os testes ainda não mostraram se há volume suficiente para justificar o investimento em infra-estrutura...”

Um breve comentário...

Em 1982, no auge dos meus 11 anos de idade, acompanhei junto de meu pai, pela rádio, o desembaraçar deste conflito...
Havia uma angústia...
Foi  cogitado a chamada de contingente da reserva do Exército, para proteção de fronteira...
Era um conflito bem próximo...
O Brasil disponibilizou a base aérea de Santa Maria- RS, para reabastecimento de aviões ingleses...
Não tenho um conhecimento aprofundado, mas pelo pouco que sei, o Regime Militar do Brasil foi apoiado pelos EUA, por conseguinte, era escravo do mesmo...
Nesta guerra a Inglaterra era escorada pelo poderio americano, por conseguinte, o Brasil tirou as calças e mostrou a Bunda..., para os comandados da Margaret Hilda Thatcher...
Nisso percebo, como é fácil falar em Mercosul, e nossos “hermanos” latinos...

Mas o que interessa....
...sempre que há uma "agonia econômica", surge um conflito, visando desviar o foco...
A Argentina vive a síndrome Che Guevara...e olha que o Brasil era tido como ufanista...mas a  Cristina Kirchner supera toda e qualquer comparação...

Menos botox, e mais política sócio-econômica...

Nenhum comentário:

Postar um comentário